Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2008

em todo tempo

“Aproveite muito quando for possível. Agüente firme quando for preciso”.

W. Goethe

para um ano bom

Segundo o chavão, dia 31 termina o Ano ‘Velho’ e começa o Ano ‘Novo’. O que cada uma das expressões quer dizer varia de pessoa para pessoa e de opinião para opinião.

Mas o que é preciso para um ano seja ‘novo’? Mudanças, redefinições? Volta ao começo? Talvez deixar maus hábitos, ou fazer novas promessas. Quem sabe mudar de emprego ou começar algo completamente diferente.

Para o ano ser ‘novo’, várias podem ser as definições. Mas para ser realmente bom e feliz, algo não pode mudar; uma certeza na verdade bem antiga, mas que sempre dá certo. A presença de Deus. Porque ela não fica velha. A cada ano que passa, torna-se mais nova, mais certa, mais segura. Pois a verdade dos fatos mostra que nada dura mais do que a mudança. Tudo muda, nada é seguro. De certo mesmo, portanto, para um novo ano, somente a velha e boa fé de sempre, renovada, assegurada e que olha confiante para um ano bom e um futuro melhor ainda.

Para este ano novo, mude tudo o que julgar necessário. Mas permaneça na mesma fé …

yes, we can

“Yes, we can!”.

With this motto and many promises of change, Barack Obama was elected the President of the United States. Here in Brazil, watching the news we could see in those days many opinions such as ‘a new time has begun’; ‘new ways of doing things’, ‘an age of less discrimination and prejudice’. ‘We’ll have a world with more equality among men.’

The hope, then, as we can see is big. But only time will tell what of this will really come true.

What time has already told us is that since from many time ago a man who was not elected but chosen brought the time of equality, the fight against any type of discriminations. The change to a new life

Jesus Christ came to the world not to be its president, but its Savior. Not to be elected, but to elect the sons of God, through faith, without any kind of prejudice. He showed to fullest the real meaning of liberty, equality, justice and love to the neighbor.

But beyond this He came to assure us that in Him ‘yes, we can’. We can change, when its …

Mudar

“'Para obter algo que você nunca teve, precisa fazer algo que nunca fez”.

Autor desconhecido

Um minuto para a meia-noite

Ouça a mensagem de hoje


No minuto antes de explodirmos em raiva nem sempre pensamos se de fato temos razão.
No minuto antes de fazermos o que não devíamos nem sempre nossa consciência nos faz mudar de intenção.
No minuto antes de não ajudar a quem precisa nem sempre a solidariedade nos muda de direção.

Mas um minuto antes da meia noite do último dia do ano tudo nos leva a crer que tudo vai ser diferente. Tudo vai ser melhor. O melhor será promissor. O promissor será belo. O belo será feliz. E o feliz será tudo.
Será?
Talvez não seja tão provável, caso estes e outros minutos não tenham outra direção.

Aquele antes de sermos injustos, que pode nos levar a ouvir a outra opinião. O minuto antes de julgarmos, que pode ser utilizado para melhor compreender a situação. Fazer das horas em que não queremos ajudar, momentos em que muito podemos fazer. Impedir que a auto-suficiência acabe em um minuto com nosso desejo de agradecer

O minuto antes da meia noite do dia 31 de dezembro pode ser belo e signifi…

Barlow Girl

"I need you to love me" (Preciso que Você me ame), uma das canções mais pedidas do Toque de Vida, com o grupo Barlow Girl.


Barlow Girl - I Need You to Love Me



Confira a tradução da letra

Saiba mais sobre as três irmãs Barlow.

Especial de Natal Ulbra TV

Na noite de natal, o tesouro de histórias - a Bíblia - se abre para contar a história da mais bela noite de todos os tempos.
Dia 24, você e sua família vão se emocionar com o nascimento de Jesus Cristo contado com gestos, palavras e canções.

Especial de Natal: “Tesouro de Histórias”
Dia 24.12, 21:55,
com reprise dia 25.12, às 15h.
na Ulbra TV.

Reúna a família e faça parte desta História.

Ele faz dar certo

Ouça a mensagem de hoje


Pensando bem, deu tudo errado naquele primeiro Natal.

Maria teve que se desfazer de todos os seus planos de ‘casamento perfeito’ quando soube que ficaria grávida antes da cerimônia. José teve que encarar assumir um filho que sabia que não era seu. A mãe de Jesus teve que viajar grávida no lombo de um animal. Para passarem a noite, não encontraram sequer uma cama. Não teve nenhum médico, nem do SUS, para fazer o parto, precisaram se virar como podiam.
Apesar de o menino ser nada menos que o Messias, nenhum líder ou grande figura veio vê-lo, somente pessoas estranhas, como os pastores de Belém. Maria passou seu primeiro Natal numa estrebaria, mal acomodada, longe da família e cercada de gente desconhecida.

Mas o texto do Natal diz que Maria “meditava e guardava tudo no coração”. E o tempo mostrou que ela fez muito bem. Pois quando tudo parecia dar errado, Deus fez dar certo.

Deus fez nascer o Salvador. Deus fez vir ao mundo a esperança. Não só utilizou a humildade par…

poder ver

"A única pessoa realmente cega na época de Natal é aquela que não têm o Natal em seu coração."

Helen Keller

mais Natal

Ouça a mensagem de hoje


Natal, época de mais luzes, mais brilho, mais embalagens. Até mesmo mais boa vontade e tolerância. Mesmo que, a cada ano, pareça ter menos do que ele realmente significa.

Por isso sempre vale a pena continuar a celebrar e afirmar com ainda mais alegria onde está seu verdadeiro valor:

Natal é menos enfeites nas ruas e mais luz no coração.
Natal e menos dar presentes e mais receber o presente de Deus – Jesus - ao mundo.
Natal é menos festa ao redor de uma mesa e mais celebração ao redor da manjedoura.
Natal é menos compras desenfreadas e mais doação ilimitada na direção do próximo.
Natal é menos pressa, e mais correr depressa para junto do Pai.
Natal é menos indiferença e mais esperança.
Natal é menos uma data, e mais um dia que se estende por toda a vida.

Porque Natal é menos o que eu posso fazer. E mais o que Deus faz por mim.

Menos aparência e mais essência. É disso que precisamos para nos alegrar mais, celebrar mais, termos mais Natal. Não apenas mais, mas também melhor…

Um menino nos nasceu

For Unto Us a Child is Born - do Oratório Messias

George Frideric Handel (1685-1759)





For unto us a child is born,
unto us a son is given.
And the government shall be upon his shoulder
and his name shall be called:
Wonderful Counselor,
Mighty God,
Everlasting Father,
Prince of Peace.

"Um menino nos nasceu
um Filho se nos deu.
O Governo está sobre os seus ombros
e o seu nome será:
Maravilhoso Conselheiro
Deus Forte
Pai da Eternidade
Príncipe da Paz"(Isaías 9.6)

Essência

As pessoas deveriam celebrar ao Natal com a mesma lógica da troca de presentes: a embalagem tem sua beleza e utilizade, mas está no conteúdo o fundamental.

Sugestão

Imagem
Para quem ainda está à procura de um presente para este fim de ano

Livro do Toque de Vida – seleção de mensagens do Programa diário da Ulbra TV para ter sempre à mão.

Contato e endereços dos locais de venda:
Michele - vendaseditora@ulbra.br

com conteúdo

Clique e ouça a mensagem de hoje

Qual destes você se considera capaz de carregar?
_um saco de farinha de 60 quilos;
_um saco de batatas do mesmo peso;
_um saco de lixo de 100 litros.

Não sei qual sua resposta, mas sei que não vou errar dizendo que você é capaz de levantar os três. E nâo apenas separadamente, mas até mesmo juntos, ao mesmo tempo.

Como?

Basta que eles estejam vazios.

Esta ilustração pode ser aplicada de diversas formas, mas eu penso em duas.
A primeira - determinados fardos que surgem em nossa estrada, grandes como sacos de batatas, parecem ser difíceis demais de serem carregados ou ao menos retirados para o lado. Isto acontece quando queremos lidar apenas com nossa propria capacidade, ao invés de lembrarmos que Deus pode esvaziá-los, diminuir seu peso, deixando-os menos ameaçadores e mais fáceis de carregar.

A outra - nos relembra a importância do conteudo. Quanto mais vazios estivermos intelectual e espiritualmente, mais facilmente seremos carregados para qualquer lado até mes…

with the heart

This is a frequent question every time we get to this time of year, “So, what’s Christmas really?”
The answer depends in part on what the eyes or what the heart can see

What can our eyes see when we look at an old book with a cross on the cover? Maybe a historical recording; only documents; a mere collection of stories. But what the heart can see is the recording of the love of the Father toward His children.

What do the eyes see when looking at a church? Maybe only a building; a piece of art; a tourist place. But with the heart we can see the presence of God among His people, the celebration and fellowship of brothers and sisters in the same faith.

What the eyes can see when looking at two bars united forming a cross? Maybe only two bars forming a cross; a symbol; a sign of death. But what the heart can see goes beyond – not only the horrific death of the Savior but also life, hope, salvation, faith.

So, to look at Christmas only with our eyes will show us lights, shopping, hurry, gifts. …

Con el corazón

Una pregunta repetida muchas veces en esta época del año: "que lo que es navidad?”
La respuesta depende bastante de lo que los ojos o el corazón consiguen ver.

¿Que ven los ojos cuando miran un libro antiguo con una cruz en la capa? Quizás un registro histórico, un conjunto de relatos, documentos importantes. El corazón ve el registro del amor del Padre en la dirección de Sus hijos.

¿Qué ven los ojos en un templo? Quizás una construcción, una creación artística, un local turístico. Pero, con el corazón es posible ver la presencia de Dios en medio de su pueblo, el recuerdo de cuidado, la celebración y comunión entre hermanos.

¿Qué ven los ojos cuando ven dos barras unidas en cruz? Dos barras unidas. Un símbolo, un aderezo, una señal de muerte. Pero el corazón puede ver exactamente el símbolo de la vida, de la esperanza, de la presencia y cuidado.

Mirar hacia la Navidad tan sólo con los ojos nos muestra luces, compras, prisa y deseos. Desvenda, sin duda, algunas cosas buenas, pero muc…

consciência

“Pelo fato de não pensarmos nas gerações futuras, elas nunca nos esquecerão”.

Henrik Tikkanen

Cenas constrangedoras

A cena do atual presidente dos EUA, George Bush, esquivando-se de “sapatadas” foi bastante constrangedora.

No entanto, cenas igualmente constrangedoras foram filmadas em Santa Catarina. Não estou me referindo às imagens das catástrofes e tragédias causadas pelas chuvas, e sim à tragédia que é a falta de moral e o excesso de egoísmo. Voluntários foram filmados pegando para si as melhores doações. Aquilo que era para ser entregue aos necessitados, acabava ficando com aqueles que estão lá para ajudar. Diante de uma cena assim, dá vontade de jogar os sapatos com toda força.
Porém, se formos jogar sapatos em toda cena que demonstra egoísmo e falta de caráter, ficaremos de pés descalços.

Se formos realmente justos e sinceros, sapatos seriam jogados sobre nós mesmos, afinal, se filmadoras nos rodeassem, com certeza filmariam cenas constrangedoras, revelando nossos erros. Quem não tiver pecado que atire o primeiro sapato. É fácil nos revoltarmos contra aqueles que se apropriam de doações aos fla…

defeitos

“As pessoas vivem tanto na defensiva que, ao invés de corrigirem seus defeitos, defendem o direito de mantê-los.”

Rosana Herrmann

Tipo de gente

Ouça a mensagem de hoje


“Eu fui parte daquela estranha raça corretamente descrita como pessoas que vivem suas vidas fazendo coisas que detestam, para ganhar um dinheiro que não querem, para comprar coisas de que não precisam, para impressionar pessoas de quem não gostam”

Tomara que não seja para muitas pessoas, mas é uma frase real e aplicável, esta. Se o autor, Emile Henry Gauvreau, estava somente sendo irônico ou descrevendo exatamente seu jeito de viver, não sei. Mas conseguiu capturar em quatro afirmações algo do que se vive nos tempos modernos. Ou melhor, do que não se vive.

Não deve ser agradável uma existência descrita desta forma. Ter uma vida sem viver de fato; ter muito sem ter o que mais importa; impressionar, mas não conseguir ser admirado. A sensação de vazio aparentemente não compensa em nada toda a vida cheia das futilidades que mais parecem nos fazer cansar.

A idéia de Jesus Cristo, quando deu Sua vida por todos – mesmo quem Dele não gostava -, foi dar a oportunidade de fa…

Princípios

“Não troque o que você mais quer pelo que você quer agora”.

(Anônimo)

Quem e onde

Porque será que Deus resolveu anunciar a simples pastores de ovelhas, nos campos de Belém, o nascimento de Jesus?
Talvez porque se tivesse anunciado a teólogos estes primeiros consultariam seus comentários e livros.
Ou se falasse para determinados grupos estes primeiro olhariam em volta para ver se ninguém estava vendo
Quem sabe se anunciasse aos bem-sucedidos eles primeiros consultariam suas agendas.
Ou talvez se tentasse com os cientistas precisariam primeiramente de dezenas de testes.

O relato do Natal conta que os anjos foram até os pastores de ovelhas nos arredores de Belém. Gente sem ‘reputação para manter’ ou ‘agenda para cumprir’. Pessoas que compreenderam que algo importante estava acontecendo e decidiram fazer parte, como eram, do jeito que podiam, com a fé que tinham.

Algo importante acontece também nestes dias em que vivemos. Está ao nosso alcance atender prontamente ao convite de Deus e corrermos também até á manjedoura, desprovidos de pressa, agenda, posição ou pressupostos. M…

consumo

“A única razão pela qual muitos não vão adquirir um elefante no Natal é porque ainda não foi oferecido um espécime sem entrada e o saldo em suaves prestações”.

(Anônimo)

Seleção

Imagem
O leitor Paulo Matheus fez uma coleção com algumas das frases diárias do Toque de Vida e publicou no seu blog.


Se quiser conferir, é só clicar



Diálogo

Algunos días atrás, encontré el siguiente dicho: "uno es poco, dos esta bien, seis es demasiado". Me pareció interesante no tan sólo el dicho como lo que lo seguía:

"Oliver Wendell Holmes, célebre jurista, dijo que cuando dos personas dialogan, por supuesto que hay seis personas envueltas:
Usted, como lo creo que eres;
Yo, como usted lo crees que yo sea;
Usted, como usted lo cree;
Yo, como yo lo creo ser;
Usted, como realmente lo eres;
Yo, como realmente lo soy.”

Que raro! Cuanta gente envuelta en un diálogo entre dos personas!
Las personas descritas en los puntos 1 a 4 lo pienso ser lo prejuzgamiento, preconcepto. Yo juzgando al prójimo o el prójimo me juzgando. En resumen, nada se resuelve. Es un dialogo de imágenes.
Las dos últimas son las que pueden conducir un diálogo verdadero: "5. Usted, como realmente lo eres". "6. Yo, como realmente lo soy". Que bueno seria si fuera siempre así. No perderíamos tanto tiempo en rodeos.

Lo ideal en verdad, es siempre tene…

com o coração

A pergunta é bastante repetida nesta época do ano: “o que é Natal?”.
A resposta depende bastante do que os olhos ou o coração conseguem ver.

O que os olhos vêem quando enxergam um livro antigo com uma cruz na capa? Talvez um registro histórico, um conjunto de relatos, documentos importantes. O coração vê o registro do amor do Pai na direção de Seus filhos.

O que olhos vêem em um templo? Talvez uma construção, uma obra de arte, um ponto turístico. Mas, com o coração é possível ver a presença de Deus no meio do seu povo, a lembrança de cuidado, a celebração e comunhão entre irmãos.

O que os olhos vêem quando enxergam duas barras unidas em cruz? Duas barras unidas. Um símbolo, um enfeite, um sinal de morte. Mas o coração pode ver exatamente o símbolo da vida, da esperança, da presença e cuidado.

Olhar para o Natal apenas com os olhos nos mostra luzes, compras, pressa e desejos. Revela, sem dúvida, algumas cosas boas, mas muitas apenas superficiais
Olhar com o coração nos faz enxergar mais. Mos…

Light

The Stone Catedral, in Canela, city in the mountains of Rio Grande do Sul, Brazil, had a good attendance Saturday night of December, 2007, as the Ulbra’s Chapel Choir began its Christmas Concert. But everything changed suddenly.

Right in the middle of the 5th song, the lights went off. A thick darkness came down not only in the Church but in the whole city. The choir singers couldn’t count on their music sheets anymore and their eyes barely could distinguish Pastor Paulo’s conducting hands. I had to stop the narration I was reading between songs. People watching the Concert were no longer able to see the singers facial expression.

After a short while they were able to see more than they expected.

The lights went off, but not the Choir’s determination. The voices did not stop that song, neither the next, and the next, and the next… Flashes of the cameras sparked light over the confident faces of conductor and singers. Hundreds that were walking outside the temple came in and the Church be…

fora de alcance

“Fuja da tentação e não deixe endereço para contato.”

(Anônimo)

O Sol do Natal

por Marcos Schmidt

Os catarinenses necessitam de consolo no sentido literal da palavra. Consolo vem do latim cum + solis que significa "com sol". No lugar da chuva, do céu nublado, é o brilho do Sol que eles mais precisam. Na verdade, o consolo sempre vem de cima, de alguém ou de alguma coisa que tem o poder de ajudar. Por isto a solidariedade, isto é, a ação de solidar, de oferecer solo para os que perderam o chão em todos os sentidos. A única solução - arrisco dizer que solução significa "ação do Sol" - aos catarinenses flagelados é o cum solis.

Cedo ou tarde, todos precisam de consolo. Nuvens pesadas e chuvas torrenciais são a coisa mais certa. Ninguém escapa! Diante desta certeza, a pergunta: temos um plano de emergência, uma "defesa civil" em estado de alerta? Parece que este foi o problema lá em Santa Catarina. A maioria não conhecia o chão onde pisava, nem estava preparada para a catástrofe. Percebe-se que o consolo eficaz é aquele que está à disposi…

Amizade

“O amigo deve ser como o dinheiro, cujo valor já conhecemos antes de termos necessidade dele”.

(atribuída a Sócrates)

Moldados

Li a história de uma mulher que certo dia comprou um lindo vaso. Levou-o para casa e ficou tão contente com a compra que o admirava todo dia. Era sua peça preferida, incomparável. Não cansava de admirá-lo, até mesmo chegava a conversar com ele. “Que bom que te encontrei. Você é o que tenho de mais lindo!”

Num dos dias em que o segurava nas mãos, sentada no sofá diante da TV, ela adormeceu. E aconteceu que ela sonhou, e no sonho o vaso falou com ela. E disse:
“Sabe, estou cansado de você me dizer o quão lindo eu sou. Eu não era assim. No passado eu fui nada mais do que um monte de barro, até que o oleiro veio e me levou consigo. Não entendi muito bem quando ele me bateu, e começou a me moldar. Não entendi também quando ele me colocou no forno mais quente do que você pode imaginar. Não conseguia imaginar porque me tirou de lá, me coloriu e então colocou de volta. Mas sabe, eu aprendi a agradecer ao oleiro porque, se ele não tivesse me moldado, eu seria totalmente sem forma e sentido,. Se …

Respostas

“Deus responde às orações de quatro maneiras: ‘sim’, ‘não’, ‘espere’ e ‘você só pode estar brincando’.”

Anônimo

qual dos dois

A família estava sentada ao redor da mesa para o almoço e, como de costume, o pai fez uma oração de agradecimento a Deus pela comida.

Logo após, entretanto, ao começarem a comer, como também já era de seu costume, o pai começou a reclamar dos tempos difíceis, da má qualidade da comida industrializada que ele era obrigado a comer, que nem os vegetais escapavam, e outras queixas.

Sua filhinha interrompeu
-Papai, o sr. acha que Deus ouviu o que disse há pouco enquanto fazia sua oração de agradecimento?
-Certamente, minha filha – respondeu o pai convicto, com ar de professor.
-E Ele ouviu também o que o sr disse sobre o feijão, o arroz e as verduras?
-Sim, claro. – respondeu ele, já com certa precaução na voz

Então a pequena perguntou
-Pai, em qual dos dois Deus acreditou?


Fonte da ilustração

Sugestão

Imagem
Para quem ainda está a procura de presente para este fim de ano
Livro do Toque de Vida – mensagens do Programa diário da Ulbra TV reunidas em livro, para ter sempre à mão.



Contato e endereços dos locais de venda:
Michele - vendaseditora@ulbra.br

Grandes coisas

“Se eu não puder fazer grandes coisas, posso fazer pequenas coisas de um jeito grendioso.”

James Freeman Clarke

Tri-bom

Ouça a mensagem de hoje.

O domingo esportivo no Brasil teve muito de um prefixo bem gaúcho. Tri.

Havia dois tricolores brigando pelo titulo do Campeonato Brasileiro de Futebol 2008. O paulista, com mais chances, em busca do tri consecutivo que, na soma total, chegaria a 3 + 3. O gaúcho queria ser tricampeão Brasileiro. Para isso, precisava de 3 pontos e torcer para que o tricolor paulista não somasse mais três.
Ao final das duas partidas, 3 gols marcados, dois em Porto Alegre e um no Distrito Federal. E quem atingiu o principal objetivo foi o clube do Morumbi. Ou - como alguém já fez o trocadilho - Morumtri.

Para uns o domingo foi tri. Para outros, um tanto triste.

Gangorra que também pode acontecer na vida pessoal. Momentos em que temos totais condições de chegar a uma conquista. Tri. Em outros, resultados paralelos não nos ajudam a resolver a situação que nos angustia. Triste.

Para as horas de tribulação e tristeza, Deus estende sua presença para não nos deixar desanimar. Não importa de q…

Prepare o coração

Canção do Grupo Címballuz, em montagem do Pastor Fernando Garske, de Canela.




Fonte: Blog Igreja Luterana

Opção

“A verdade que liberta o ser humano, em grande parte das vezes, é aquela que ele prefere não ouvir”.

Herbert Agar.

Olhos de Deus

O rapaz tinha grandes planos para conseguir passar de ano.

Convidou um colega e a namorada dele para irem até a sala dos professores, em horário que sabia estar vazia. Já havia sondado onde a professora guardava as cópias das provas. Chegando ao local, pediu ao amigo que fechasse a porta e as cortinas da sala e que ficasse controlando.
Até ali sem saber o motivo da ‘visita”, a garota, cristã, se deu conta do que estava para acontecer. Então pediu:
-Você poderia, por favor, fechar também os olhos de Deus?

Um tanto confusos, os rapazes olharam ao redor por alguns instantes... até que entenderam. E deixaram de lado seus grandes planos. Compreenderam que até é possivel fazer coisas secretamente, longe do olhar humano, mas nunca algo que não seja claramente visível aos olhos de Deus.

É uma lembrança que pode somente acusar. Deus vê e sabe de todos os nossos planos, intenções, vontades e atos. Sejam os que envolvem fofoca, cobiça, “grandes planos”, omissão e tudo o mais. Tudo.

Mas é também a lemb…

Wordward

In English we have this multi-use suffix when we want to determine direction.

If you’re going back, then you’re movinde backward. The contrary direction would be forward. From inside out then you are meaning outward, having its opposite reading inward. You may head schoolward, houseward, hospitalward or even sunward. If you are ‘warding’ that means you are moving to some diretcion, goal, purpose.

When speaking of life, what’s the best direction to head to?

The options of direction seem to overflow in front of our eyes trying to get our attention. Drugsward, moneyward, materialismward, consumismward, no-God-ward. Despairward. Or even worse -- self-ward. This kind of ‘wardness’ is the one that can lead to no good place, direction, purpose. They are weird wards, which in the end result in a ward-less life.

That’s why the Bible points us Christ-ward. Because it’s when our lives head to Him we have the right direction to go. The right meaning where to abide. The right purpose for all other ‘w…

Moldados

“Muitos homens devem a grandiosidade de suas vidas às tremendas dificuldades que tiveram.”

C. H. Spurgeon

Desabrigados em Santa Catarina recebem ajuda

Imagem
A tragédia causada pela enchente em Santa Catarina registra 118 mortes. O número pode ser maior, já que 31 pessoas estão desaparecidas. Ainda há 33 mil desabrigados no estado.

Conforme o relato dos pastores da IELB (Igreja Evangélica Luterana do Brasil) na região, os desabrigados contam com o apoio da Defesa Civil, que garante alimentação e abrigo nos municípios atingidos. Um dos locais mais afetados foi Itajaí, com 97% das ruas inundadas. Pastores de Santa Catarina levaram alimentos e roupas para a congregação da cidade. O pastor Martinho Sonntag, de Florianópolis, relata: “ao chegar lá, ficamos comovidos com a situação e com a dedicação da família do pastor e congregados em socorrer as vítimas da enchente e, ao mesmo tempo, a alegria e gratidão deles pela ajuda que receberam”.

Em Itajaí, templo da IELB abriga 25 pessoas atingidas pelas enchentes
O pastor local, Rubin Brehm, conta que a situação está mais calma, mas 25 pessoas estão abrigadas no templo da congregação. No futuro, além de…

Faz muita falta

Durante um programa esportivo de rádio, um dos comentaristas mencionava que, na partida do dia anterior, ficou pensando o tempo inteiro em determinado jogador do seu clube. E a frase que resumiu sua fala foi: “Ele fez muita falta”.

Bem, depende de como se lê ou ouve uma frase, ela pode ter sentidos completamente diferentes. O que ele quis dizer? O jogador estava em campo ou ausente da partida? O atleta passou o tempo todo fazendo faltas contra os adversários ou é uma lamentação pelo fato de que alguém tão importante para a equipe não estava em campo?
Sem o contexto adequado, é impossível ter certeza se o jogador é um perna-de-pau que só sabe dar pancadas ou se é um craque de quem o time sente muito a falta.

Não é incomum também nós fazermos muita falta nos ambientes em que existimos. O problema acontece quando as pessoas com quem convivemos nos dão a entender o sentido nada agradável desta falta. Pois podemos ser alguém que comete gafes, palavras e atos que não condizem com nossa posição…

Novamente

É novamente o tempo da história ser contada
Que, mesmo repetida, consegue renovação.
Gerando as respostas mais variadas
Novidade ou antiguidade para o coração.

A história do menino que responde
ao principal anseio da humanidade
que, em grande parte, meio que não ouve
a resposta do que pergunta com ansiedade.

A história da manjedoura em que repousa
A esperança de justiça que leva à paz
mas que em parte é esquecida, em parte ignorada
por quem pensa que é de outro jeito que se faz.

A história da família confiante
que acredita no que vai acontecer
Diferente de muitas vidas que, hoje em dia,
acreditam poder contolar o que vai ser.

A história que responde, mas nem todos perguntam
A história que acalma, quando muitos querem correr.
A verdade que liberta quando muitos se prendem
ao que a história sempre trata de evanescer.

Mas ainda é tempo, é hora, é dia.
É a sinfonia que reúne amor e paz
que conserta o coração em harmonia
E que oferece novamente ao mundo mais.

Servir?

“Alguns quando dizem que querem servir a Deus estão falando em serem Seus conselheiros...”

(Anonimo)

Crescidos

Se fosse em outro contexto, poderia ser uma dor insuportável e o começo de sérios problemas.

Mas neste caso era uma mãe, sentada na sala com amigos e seu filho, de dois anos, em pé, brincando de dar socos com toda sua força no joelho dela, querendo chamar a atenção ou simplesmente ‘sentir’ o que estava à sua frente. A mãe nem se mexeu. Ele batia com toda a força e ela continuava conversando.
Cena que não estou apenas supondo, mas presenciei ao visitar amigos no domingo.

Se forem em outro contexto, as dores que o mundo nos faz sentir podem de fato nos derrubar. Não são poucas as ameaças, não são fracas as pancadas que recebemos. E ninguém está brincando, não. Tudo é sério, muito sério, situações que podem nos desanimar ou fazer parar.

Mas se o nosso caso é o de sermos crescidos na fé, nutridos pelo amor de Deus e bem firmados em sua presença e cuidado, tudo fica diferente. Sentimos, sim, os ‘socos’ da vida, mas eles já não podem nos deixar de joelhos. Recebemos pancadas que podem doer, mas…

Aprendizado

“Esqueça os tempos de dificuldades, mas nunca esqueça os que eles lhe ensinaram.”

Hebert Gasser

Estranhos

Uma mulher ligou para uma amiga doente para saber como ela estava.
-Terrível - foi a resposta. - Minha cabeça está quase rachando, minhas costas estão me matando. A casa está uma bagunça e as crianças estão me deixando louca.
A mulher respondeu
-Então vá se deitar um pouco. Eu vou até aí fazer uma comida pra você e depois posso limpar a casa e cuidar das crianças enquanto você descansa um pouco.
Antes de concluir a conversa, ainda perguntou:
-A propósito, como está o Sam?
-Sam? Não tem nenhum Sam aqui - a mulher doente respondeu.
Compreendendo seu engano, a senhora então disse
- Desculpe, mas eu liguei para o numero errado.
Depois de um momento de silêncio, a mãe adoentada perguntou, esperançosa:
- Mas você vem mesmo assim, não vem?

Há momentos em que todos, todos nós, precisamos, desejamos, queremos muito alguém que venha e nos ajude. Até mesmo um estranho, caso quisesse nos amparar e ouvir.

É isto que Jesus Cristo fez. Um Estranho que veio ao mundo ao encontro de nossa necessidade. Para dar at…